Biblioteca Municipal volta a funcionar com toda a infraestrutura necessária

 

unnamed (2)A Biblioteca Municipal Félix Araújo, localizada no centro de Campina Grande, voltou a funcionar na última segunda-feira, 04, beneficiando estudantes e muitos concurseiros que terão à sua disposição um local agradável, com infraestrutura adequada e agora funcionando com as normas de segurança necessárias.

O espaço foi reaberto com um acervo de aproximadamente oito mil exemplares, salas de leitura, informática, para leitura em braile e o salão infantil (com espaço para leitores infanto-juvenis), além de um auditório com capacidade para 40 pessoas.

A Biblioteca está localizada na esquina da avenida Floriano Peixoto com rua Maciel Pinheiro. O funcionamento é de segunda a sexta-feira das 7h30 às 18h30 e sábados das 7h30 às 13h30.

Segundo a diretora da Biblioteca Municipal, Mabel Amorim, os usuários encontrarão uma biblioteca completamente renovada, como novo mobiliário e uma estrutura adequada para atendimentos desde os mais jovens, adolescentes e adultos até os concurseiros.

A sala de informática será climatizada e passará a funcionar, em breve, com seis computadores. Esse número de equipamentos, informou a direção, será posteriormente ampliado. Já a parte infantil é adaptada para crianças e os que estão entrando na adolescência (10 aos 12 anos de idade).

O secretário executivo de Cultura, Bernardo Pimentel, disse que Campina Grande recebe agora um espaço adequado e funcionando dentro das normas de segurança.

“Todos os quatro pisos da Biblioteca estão em pleno funcionamento”, disse.

Com relação ao horário de funcionamento, Pimentel disse que, por questões de segurança, optou-se por manter o atendimento até às 18h30, durante a semana, mesmo período em que as lojas do centro comercial de Campina Grande estarão abertas.

O prédio onde funciona a Biblioteca Municipal de Campina Grande é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (Iphaep), por isso não foram executadas reformas na parte externa, assim como na estrutura exterior do elevador. Na área interna todas as estruturas foram renovadas e executadas obras nas partes elétrica, hidráulica, rede de esgoto, telhado e até mesmo na estrutura da edificação.

As obras foram iniciadas pela PMCG em 2013, sendo que, desde o segundo semestre de 2012, a Biblioteca Municipal estava interditada por determinação do Ministério Público.

Com a conclusão da reforma completa do prédio foi realizada a licitação para compra do mobiliário (mesas, cadeiras, estantes, balcões de atendimento, entre outros) e dos equipamentos de informática.

Agora, as bibliotecárias estão fazendo uma reavaliação do acervo existente, analisando o que é mais apropriado à Biblioteca Central e os exemplares excedentes que poderão ser remanejados às bibliotecas das escolas comunitárias. A meta é concentrar, na Biblioteca Central, a parte literária e de pesquisa e enviar às outras bibliotecas a maioria dos livros didáticos.

Academia de Letras – No terceiro andar, além da parte administrativa e do auditório, será instalada a Academia de Letras de Campina Grande. O espaço foi cedido pela Prefeitura Municipal por considerar a Biblioteca Municipal o lugar mais adequado às reuniões dos acadêmicos.

Já o auditório poderá ser reservado para reuniões da Academia e também para o lançamento de livros e eventos culturais e literários. A proposta é transformar a biblioteca em mais um espaço público dedicado à cultura e ao lazer dos campinenses.

pbc
pbc
O PBC traz informações, análises e serviços especializados aos artistas, produtores e gestores públicos e privados do mercado cultural e meio ambiente.
Related Posts