Premiação encerra a 9ª edição do IX Festival Audiovisual de Campina Grande – Comunicurtas UEPB

Home / Cultura / Audiovisual / Premiação encerra a 9ª edição do IX Festival Audiovisual de Campina Grande – Comunicurtas UEPB

Premiação encerra a 9ª edição do IX Festival Audiovisual de Campina Grande – Comunicurtas UEPB

Após quatro dias de exibições de curtas metragens, reportagens de TV e peças publicitárias, além de discussões sobre incentivo à produção audiovisual, oficinas temáticas, workshop e minicursos, o IX Festival Audiovisual de Campina Grande – Comunicurtas UEPB foi encerrado na noite desta terça-feira (18), no Teatro Municipal Severino Cabral, com a cerimônia de entrega dos troféus aos melhores trabalhos apresentados no evento. Ao todo, foram entregues 53 troféus que levaram o nome de Machado Bittencourt para as produções que concorreram nas mostras competitivas Tropeiros, A ideia é…, Estalo, Tropeiros de Telejornalismo e Brasil.

Sucesso de público em mais uma edição, o Comunicurtas cumpriu sua missão em continuar incentivando as atividades relacionadas à produção e divulgação de filmes oferecendo uma série de atividades que reuniu profissionais especializados, avaliadores técnicos e diversos participantes inseridos no propósito de fomentar as produções cinematográficas. Isso foi o que apontou o professor Rangel Junior, reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), que prometeu ainda mais empenho e inovação na edição 2015 do festival.

“Tudo isso que foi vivenciado este ano serviu como aprendizado. Fizemos parcerias importantes e a partir de agora já começamos a pensar e programar a próxima edição do Comunicurtas. Ela acontecerá maior e melhor do que foi esse ano, com ações ainda mais voltadas para a área audiovisual, implementando cursos e módulos que promovam mais as produções e desenvolvam outras tantas atividades durante o festival”, apontou o reitor.

Nesta edição, onde os homenageados foram o paraibano Fernando Teixeira e o belga radicado no Brasil, Jean-Claude Bernadet, os grandes vencedores do festival foram os filmes “A vida perfeita”, da diretora Bianca Mariano, que conquistou os troféus de melhor vídeo de um minuto, melhor direção e melhor roteiro da mostra Estalo; e “Retrato de Dora”, com direção de Bruna Callegari, que ficou com os prêmios de melhor documentário, melhor direção de arte, melhor filme (júri popular), além da menção honrosa de melhor montagem, da mostra Brasil.

Também ficaram marcados entre os principais vencedores o curta Castillo y El Armado, do diretor Pedro Harres, que concorreu na mostra Brasil e levou os troféus de melhor animação, melhor roteiro e melhor direção. Já a mostra Tropeiros premiou o filme “A Ilha”, de Ismael Moura, com três prêmios: melhor ficção, melhor fotografia e melhor ator. O mesmo desempenho do curta “Malha”, de Paulo Roberto, que levou para casa os troféus de melhor documentário, melhor roteiro e melhor direção.

Também se destacaram na premiação desta noite a agência Cafécom e Propaganda, que levou o prêmio Machado Bittencourt de melhor peça publicitária, melhor roteiro ou criação e melhor fotografia publicitária, e os profissionais de jornalismo da TV Itararé, que foram contemplados com os quatro prêmios da mostra Tropeiros de Telejornalismo. Receberam os troféus, Diego Araújo, vencedor da categoria melhor texto pela reportagem “Irmãos Calixto”; Charles Dias, melhor repórter cinematográfico, pelo trabalho em “Samba de Coco em Queimadas”; Lívia Morais, melhor reportagem (júri oficial), pelo trabalho em “150 Anos de Campina Grande – Linguagem Campinense”; e o jornalista Sandro Mangueira, vencedor da categoria melhor reportagem (júri popular), pela matéria “Jacaré do Açude Velho”.

Ainda na mostra Tropeiros de Telejornalismo, foram congratulados como melhor reportagem na temática da Folkcomunicação, o jornalista Hermano Júnior, pela reportagem “Samba de Coco em Queimadas”, e Diego Araújo, pela matéria “Irmãos Calixto”.

Além dos prêmios Machado Bittencourt entregues aos melhores trabalhos das mostras competitivas do IX Festival Audiovisual de Campina Grande – Comunicurtas UEPB, a premiação do evento contou, ainda, com a entrega do prêmio “Rômulo e Romero Azevedo” de cinema aos melhores filmes das categorias Mostra Brasil e Mostra Tropeiros. Os vencedores foram eleitos pelos próprios cineastas, que escolheram, entre todos os trabalhos exibidos no festival, o filme “Menina lua, Menino lua”, do diretor Almir Correia, pela Mostra Brasill, e “O lobisomem da Paraíba”, de Sílvio Toledo, pela Mostra Tropeiros.

 

Realizadores agradecem ao festival

Sob longas salvas de palmas, todos os premiados da noite de encerramento do IX Comunicurtas UEPB agradeceram à organização do festival e destacaram a importância de receber o troféu Machado Bittencourt. Para Bianca Mariano, diretora do curta “A vida perfeita”, a premiação “remete a um momento muito especial que ressalta o trabalho de toda uma equipe envolvida no projeto”. Ela ainda destacou a visibilidade do festival e a avaliação criteriosa dos jurados.

Já Sandro Mangueira, repórter premiado pela reportagem “Jacaré do Açude Velho”, se disse surpreso com o troféu, mas não escondeu a felicidade de subir ao palco do Teatro Severino Cabral para receber a estátua. “Fui pego de surpresa, porque não esperava ganhar, pelo fato de terem outras excelentes reportagens concorrendo. Estou muito feliz”, afirmou. Já Rubem Castillo, que na ocasião representou Pedro Harres, diretor do filme “Castillo y El Armado”, projetou outras participações nos próximos festivais para dar continuidade à integração que foi esta edição do Comunicurtas.

“Acontece uma energia muito positiva nesse festival. A produção local é uma referência pela qualidade e quantidade de materiais de ótima produção. Fiquei muito empolgado com essa minha primeira vinda a Campina Grande e vou levar muitas coisas boas para minha equipe que está no Rio Grande do Sul. Acho que essas duas realidades se completam e isso é muito empolgante para todos nós”, disse Rubem Castillo, que é uruguaio e que pela primeira vez conheceu a produção audiovisual de Campina Grande.

A relação completa com os nomes dos vencedores em todas as categorias do IX Comunicurtas UEPB está disponível no site do festival (www.uepb.edu.br/comunicurtasuepb)

pbc
pbc
O PBC traz informações, análises e serviços especializados aos artistas, produtores e gestores públicos e privados do mercado cultural e meio ambiente.
Related Posts
%d blogueiros gostam disto: