A importância de projetos e pesquisas para conservação do Cumaru, torna-se crucial para o equilíbrio do meio ambiente

 A importância de projetos e pesquisas para conservação do Cumaru, torna-se crucial para o equilíbrio do meio ambiente

Foto: Sérgio Melo

A preservação da árvore Cumaru (Amburana cearensis) na caatinga é de extrema importância. Esta árvore é nativa do bioma caatinga, mas não é uma espécie endêmica do Brasil, com ocorrência nas regiões Nordeste (Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte), Norte (Tocantins), Centro-oeste (Goiás e Mato Grosso do Sul) e Sudeste (Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo). Existem várias razões para realização de projetos e pesquisas que visem a preservação desta espécie e do seu habitat:

 

Biodiversidade: A Amburana cearensis desempenha um papel fundamental na manutenção da biodiversidade da caatinga. Ela fornece abrigo e alimento para diversas espécies de animais, como aves, mamíferos e insetos, contribuindo para a diversidade do ecossistema.

Conservação genética: A preservação desta árvore é importante para a conservação da variabilidade genética da espécie. Isso é fundamental para a adaptação a mudanças ambientais e para o fortalecimento da população.

 

Foto: Sérgio Melo

 

Recursos naturais: A Amburana cearensis é uma fonte de recursos naturais valiosos. A madeira dessa árvore é utilizada na fabricação de móveis, instrumentos musicais e na produção de óleos essenciais. A exploração sustentável desses recursos pode ser uma alternativa econômica para as comunidades locais.

Serviços ecossistêmicos: As árvores desempenham um papel importante na prestação de serviços ecossistêmicos, como a regulação do ciclo da água e a mitigação das mudanças climáticas. A preservação da Amburana cearensis ajuda a manter esses serviços essenciais para o equilíbrio do meio ambiente.

Medicina tradicional: Esta árvore tem sido utilizada na medicina tradicional em algumas regiões, com propriedades medicinais atribuídas a partes de sua planta. Estudos científicos podem ajudar a validar e explorar esses usos tradicionais.

Cultura local: A Amburana cearensis também tem importância cultural para as comunidades locais, sendo parte de suas tradições e histórias. A preservação da árvore contribui para a manutenção dessas conexões culturais.

 

Foto: Sérgio Melo

 

Para auxiliar na preservação do Cumaru (Amburana cearensis) na caatinga, é necessário realizar pesquisas e projetos que incluam o monitoramento da população, a conservação de seu habitat e o envolvimento das comunidades locais, através da educação ambiental. Além disso, é importante promover a conscientização sobre a importância da conservação da biodiversidade e a implementação de políticas de proteção ambiental. A preservação dessa espécie é crucial não apenas para a caatinga, mas também para o equilíbrio do meio ambiente e para o bem-estar das futuras gerações.

 

 

O Projeto Cumaru é financiado pôr Botanic Gardens Conservation International (BGCI), através do programa GTC Global Trees Campaign, com a Fundação Franklinia e apoio do Jardim Botânico Professor Ivan Coelho Dantas da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

 

0 Shares
Digiqole Ad

PBC

https://paraibacultural.com.br

Noticias Culturais e Ambientais da Paraíba

Conteúdo relacionado

Ativar notificações Sim Não
Which Notifications would you like to receive?