Vagas abertas: Instituto Capim Santo expande atuação e leva curso de gastronomia sustentável gratuito para Salvador

 Vagas abertas: Instituto Capim Santo expande atuação e leva curso de gastronomia sustentável gratuito para Salvador

Aluna do curso | Foto: 2 Base Filmes

Pela primeira vez na capital baiana, ICS oferece curso em gastronomia sustentável para pessoas em situação de vulnerabilidade na UNIFACS. A iniciativa é apoiada pelo Instituto Terra Firme

 

Salvador, fevereiro de 2024 – Um curso de gastronomia sustentável gratuito está com vagas abertas para pessoas de baixa renda da cidade de Salvador. O Instituto Capim Santo, organização social que democratiza o acesso à gastronomia sustentável, chega na capital da Bahia, após formar 2.700 alunos pelas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Itacaré e Trancoso. O curso é apoiado pelo Instituto Terra Firme, e será ministrado na Universidade Salvador (UNIFACS), uma das principais instituições de ensino superior no Nordeste.

O projeto Cozinha do Amanhã oferece formação profissional de excelência na área de gastronomia, incluindo conceitos sustentáveis, que considera valores como o uso integral dos alimentos, valor nutricional e ingredientes locais. As aulas também abordarão técnicas com carnes, peixes, ovos, massas, dentre outros conhecimentos para o dia a dia em uma cozinha profissional.

“Salvador, a primeira capital do Brasil, é uma explosão de cultura e a sua gastronomia é reconhecida mundialmente por sua originalidade e riqueza. Tendo o turismo como um dos principais vetores econômicos da cidade, os projetos do ICS irão dar oportunidade a muitos talentos, tornando-os protagonistas de suas próprias vidas. A gastronomia social, sustentável, brasileira e democrática do ICS encontrará, com toda certeza, um lugar acolhedor e cheio de energia para podermos impactar ainda mais vidas.”, conta Luccio Oliveira, Presidente do Instituto Capim Santo. Original de Ilhéus (BA), Luccio é gestor de empresas e formado em gastronomia com extensão na Espanha. Como baiano, está animado com a nova unidade na capital do estado.

Com uma carga horária de 200 horas, as aulas abrangem técnicas práticas e teóricas. Após a conclusão do curso, aproximadamente 80% dos formandos seguem carreiras na área da gastronomia, seja como funcionários ou empreendedores.

“Trata-se de um projeto de grande relevância na área social, que será realizado na UNIFACS. A nossa Instituição tem no seu DNA a responsabilidade social e esse projeto vem para agregar e fortalecer ainda mais esse pilar, através da realização do curso que será de curta duração, com aulas práticas e teóricas, onde o aluno vai poder estar na cozinha da UNIFACS, no nosso Centro de Práticas, que possui espaço para aula show de bebidas, cozinha quente e cozinha estilo aquário, colocando a mão na massa. Com o conhecimento teórico e prático adquirido, ele vai sair apto para atuar nas cozinhas dos restaurantes e bares da cidade”, afirma Luísa Talento, coordenadora do Curso de Gastronomia da Universidade Salvador, integrante do Ecossistema Ânima Educação.

A iniciativa tem apoio do Instituto Terra Firme, que atua com educação, empreendedorismo, esporte, arte e cultura na Bahia.

“O apoio à educação e ao empreendedorismo em Salvador é prioritário para o Instituto Terra Firme. Nossa meta é, ao lado dos parceiros, proporcionar ao mercado profissionais com sólida formação, além de um olhar voltado para valorização da identidade regional e para a promoção da sustentabilidade”, afirma a presidente do Instituto Terra Firme, Flávia Peres Lima.

As inscrições estão abertas até o dia 21/02 e podem ser realizadas através do site: https://institutocapimsanto.org.br/portfolio-items/cozinha-do-amanha/.

 

Sobre o Instituto Capim Santo

Criada em 2010 pela chef Morena Leite, o Instituto Capim Santo é uma organização não governamental que promove a democratização da gastronomia como ferramenta para gerar empoderamento e mobilidade social para pessoas em situação de vulnerabilidade. Com unidades nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Trancoso e Itacaré, com dois grandes projetos, Cozinha do Amanhã e Amor que Nutre, a organização já formou mais de 2.700 alunos na área da gastronomia social e sustentável, que considera a identidade brasileira na gastronomia, o valor nutricional dos alimentos, o combate ao desperdício, o diálogo com pequenos produtores, entre outros pilares. Também atua em rede com ONGs parcerias para mitigar a fome, onde já distribuiu mais de 400 mil marmitas.

“A nossa fome é de contribuir para que todos os seres humanos tenham uma oportunidade para se desenvolver como cidadãos inteiros e independentes”

0 Shares
Digiqole Ad

PBC

https://paraibacultural.com.br

Noticias Culturais e Ambientais da Paraíba

Conteúdo relacionado

Ativar notificações Sim Não
On which category would you like to receive?