Jardim Botânico da Universidade Estadual da Paraíba desenvolve projeto para proteger espécie ameaçada de extinção

 Jardim Botânico da Universidade Estadual da Paraíba desenvolve projeto para proteger espécie ameaçada de extinção

Foto: Sérgio Melo

Uma espécie em extinção. Contra isso, um trabalho de conscientização ecológica e a luta para preservar a espécie, uma riqueza de nossa flora. O Jardim Botânico Professor Ivan Coelho Dantas,da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) está trabalhando desde 2022 na pesquisa do projeto “GTC: conservação de Amburana cearensis (EN) no bioma Caatinga”, visando seu desenvolvimento, como uma iniciativa necessária para a conservação da árvore, conhecida popularmente como Cumaru. Trata-se de uma espécie ameaçada de extinção.

Financiado por Botanic Gardens Conservation International (BGCI), através do programa GTC Global Trees Campaign, com a Fundação Franklinia, o projeto já está em execução há dois anos. Entre as ações desenvolvidas pelo Jardim Botânico da UEPB para fortalecer o projeto, está o acolhimento de estudantes e professores(as), através de agendamentos para visitas ao local, ou levando as comunidades rurais, municípios e adjacências. Na luta para preservar a espécie, a equipe do Jardim Botânico também fornece informações sobre a importância da conservação e manutenção da Amburana cearensis.

 

Foto: Sérgio Melo

 

O trabalho de educação ambiental é voltado às palestras, rodas de conversas, divulgação e distribuição de material didático nos municípios, buscando informar as comunidades sobre a importância da preservação da árvore em seu habitat natural. As etapas de pesquisa são concentradas na logística de materiais e desenvolvimento, com a manutenção de suas atividades de acordo com o planejamento previsto no projeto. A equipe segue monitorando as árvores matrizes, recebendo apoio dos parceiros nas comunidades e realizando visitas técnicas, com o objetivo de acompanhamento fonológico das plantas nos municípios de Patos, São José de Espinharas, Malta, Pedra Lavrada, Olivedos e do distrito de São José da Mata, pertencente a Campina Grande.

O projeto conta com a parceria de profissionais, docentes e técnicos administrativos da UEPB, além de instituições da sociedade civil organizada e grupos de moradores. O trabalho de comunicação do projeto através da educação ambiental desempenha um papel fundamental ao envolver a comunidade e conscientizá-la, sobre a importância dessa espécie e de seu ecossistema.

O Cumaru, cientificamente conhecido como Amburana cearensis, é uma espécie ameaçada de extinção, nativa do Nordeste brasileiro e regiões do Norte, Centro-oeste e Sudeste do país. Popularmente conhecida como Cumaru na Caatinga paraibana, essa planta é culturalmente reconhecida nas áreas rurais, por ser uma espécie medicinal, usada de forma caseira no tratamento de doenças respiratórias e intestinais. É facilmente encontrada em feiras livres e casas de produtos naturais.

 

Foto: Sérgio Melo

 

Essa árvore é valorizada principalmente por sua madeira, que é extremamente dura, densa e durável. A madeira de Cumaru é frequentemente usada na construção de móveis, assoalhos, instrumentos musicais e outras aplicações que requerem resistência e durabilidade. Além da madeira e propriedades medicinais, o Cumaru também é conhecido por suas sementes, que contêm uma substância oleosa aromática, usada na fabricação de perfumes e como condimento em certas culinárias regionais.

O Cumaru é uma árvore de grande porte, podendo atingir alturas entre seis e 12 metros, possui folhas compostas, com flores brancas e amarelas. Seus frutos são vagens que contêm as sementes. Além de seu valor econômico, o Cumaru desempenha um papel importante no ecossistema florestal, fornecendo abrigo e alimento para a fauna local. No entanto, em algumas regiões, a exploração descontrolada da árvore para a extração de madeira, sementes e fins medicinais, tem levado à redução das populações naturais e é necessário cuidado na sua gestão sustentável para evitar sua extinção.

 

0 Shares
Digiqole Ad

PBC

https://paraibacultural.com.br

Noticias Culturais e Ambientais da Paraíba

Conteúdo relacionado

Ativar notificações Sim Não
Which Notifications would you like to receive?